edificio_master

Homenagem: Canal Brasil exibe cinco filmes assinados por Eduardo Coutinho

Compartilhe

No mês que marca os cinco anos de falecimento de Eduardo Coutinho, o Canal Brasil irá render tributo ao documentarista com a mostra ‘É Tudo Coutinho’. Ao longo de fevereiro, o horário das 19h30 das quartas-feiras será dedicado a exibição de um documentário assinado pelo cineasta. Os títulos previstos são Cabra Marcado para Morrer, As Canções, Edifício Master e Últimas Conversas.

edificio_master
Registro fotográfico do documentário Edifício Master – Imagem/divulgação

Além do conteúdo exibido pelo Canal Brasil, as produções O Fio da Memória (1991), Santo Forte (1999), Babilônia 2000 (1999) e Jogo de Cena (2007), todas assinadas por Coutinho, estarão disponíveis nas plataformas de video on demand (VOD) das operadoras de TV por assinatura.

Um dos nomes ilustres do cinema nacional, o documentarista paulistano deixou um legado de obras marcantes, sempre com um olhar peculiar e bastante atento ao cotidiano, investigando com destreza questões sensíveis e direcionando a perspectiva às histórias de pessoas comuns.

PROGRAMAÇÃO:

CABRA MARCADO PARA MORRER (1984) (120’)
Horário: quarta-feira, dia 6, às 19h30  / Reprise: sexta-feira, às 13h30
Classificação: 12 anos
Direção: Eduardo Coutinho
Sinopse: iniciada em 1964, a produção acabou sendo interrompida em função do golpe militar e só foi retomada 17 anos depois. O projeto inicial pretendia produzir um “docudrama” retratando o assassinato de João Pedro Teixeira, líder do movimento das ligas camponesas de Sapé, na Paraíba, ocorrido no início dos anos 1960, por ordem de latifundiários nordestinos. Tratava-se de um filme em que os personagens seriam representados pelas próprias pessoas que viveram o fato. Assim, a obra conta com a participação dos camponeses da região e narra a trajetória da viúva Elisabeth Teixeira e dos filhos dela, destacando o que ocorreu durante os anos que se passaram entre o antigo projeto de ficção e as últimas filmagens, buscando a reação destas pessoas quando relembradas de um passado que foi arrancado de suas vidas.

AS CANÇÕES (2011) (92’)
Horário: quarta-feira, dia 13, às 19h30 / Reprise: sexta-feira, às 13h30
Classificação: Livre
Direção: Eduardo Coutinho
Sinopse: Uma cadeira preta posicionada à frente de uma solene cortina, neste cenário, cidadãos comuns recorrem ao âmago das memórias, lembrando e entoando canções que marcaram momentos importantes das vidas deles. Ao relembrarem as histórias e cantarem as melodias, o coração destas pessoas se preenche de nostalgia e isso se reflete nas expressões repletas de emoção.

EDIFÍCIO MASTER (2002) (111’)
Horário: quarta-feira, dia 20, às 19h30 / Reprise: sexta-feira, às 13h30
Classificação: Livre
Direção: Eduardo Coutinho
Sinopse: Dirigida por Eduardo Coutinho, uma equipe de cinema passa três semanas pesquisando e conhecendo alguns dos 500 moradores do edifício Master, situado em Copacabana, a um quarteirão da praia. Durante sete dias, filmaram o cotidiano do prédio, formado por 276 apartamentos conjugados, distribuídos em 12 andares. Ao dialogar com 37 moradores, o diretor compartilha pensamentos, ideias, sonhos, traumas e projetos, apresentando ao espectador depoimentos íntimos e reveladores.

ÚLTIMAS CONVERSAS (2015) (85’)
Horário: quarta-feira, dia 27, às 19h30 / Reprise: sexta-feira, às 13h30
Classificação: 12 anos
Direção: Eduardo Coutinho
Sinopse: Em 2013, Eduardo Coutinho começou a gravar um filme cujo objetivo era conhecer a fundo a realidade de jovens brasileiros alunos de colégios públicos. Para além de um estudo sobre a qualidade do ensino, o documentário buscava desvendar o que se passava pela cabeça de adolescentes prestes a adentrar a vida adulta.

*Morto em 2014, este longa-metragem de despedida foi finalizado dois anos depois pela parceira de set de duas décadas, Jordana Berg e por João Moreira Salles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *