CineMemória – Elvira promete cenas irreverentes em sucesso da década de 1980

Compartilhe

Dirigido por James Signorelli, Elvira – A Rainha das Trevas (1988) investiu na estética do horror, regada a muita irreverência. O filme exibiu sequências divertidas como a chegada de Elvira até a cidade e os embates com a Castidade.

elvira_cassandra
Cena do filme que popularizou a personagem – Imagem/NBC Productions

Com o cabelo estilo capacete, comissão de frente avantajada, visual dark e muito senso de humor, a atriz Cassandra Peterson foi consagrada como ícone do horror e fez muito sucesso nas reprises da Sessão da Tarde.

Na trama, Elvira é demitida do seu trabalho como apresentadora de um programa a la cine trash e não tem dinheiro para bancar o sonhado show em Las Vegas. No entanto, ela recebe a notícia de que possui uma herança de uma tia distante para receber. Na verdade, Elvira é uma bruxa, ela herdou o livro e o anel mágico da titia

Com destino certo, ela segue para Fallwell, Massachusetts, mas acabará descobrindo que não é bem-vinda e terá que enfrentar a ira do tio, o terrível feiticeiro Vincent Talbot.  Destaque para as ‘figuras’ que ela encontra pelo caminho, inclusive, a Castidade Latas de Ervilhas (Edie McClurg). Essa é apenas uma amostra das sucessões de momentos surreais.

castidade_edie_mcclurg_Elvira
Imagem/NBC Productions

Elvira terá que usar os poderes para se livrar de uma enrascada.  Contra o Tio ‘Vinnie’, ela terá um árduo trabalho, com direito a muitas cenas no estilo slasher, sub-gênero do horror que exibia cenas de ferimentos e mortes fakes. (Spoiler)Confira o teaser e lembre-se de Elvira: A Rainha das Trevas.

Além da fantasia

Sem a caracterização de Elvira, a atriz participou do terror irreverente All About Evil de 2010.
 
Reprodução/ Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *